O que é o Câncer Bucal?


É um tipo de câncer que geralmente ocorre nos lábios (mais frequentemente no lábio inferior), dentro da boca, na parte posterior da garganta, nas amígdalas ou nas glândulas salivares. É mais frequente em homens do que em mulheres e atinge principalmente pessoas com mais de 40 anos de idade. O fumo, combinado com o excesso de bebida alcoólica, é um dos principais fatores de risco.

Se não for detectado de maneira precoce, o câncer bucal pode exigir tratamentos que vão da cirurgia (para a sua remoção) à radioterapia ou quimioterapia. Este câncer pode ser fatal, com uma taxa de sobrevivência de cinco anos de 50%*. Uma das razões pelas quais este prognóstico é tão negativo é o fato de que os primeiros sintomas não serem reconhecidos logo. O diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento.


Quais os sintomas do Câncer Bucal?


Nem sempre é possível visualizar os primeiros sinais que indicam a existência do câncer bucal, o que aumenta a importância das consultas regulares com o dentista ou o médico. Seu dentista foi preparado para detectar os primeiros sinais do câncer bucal. Contudo, além das consultas regulares, é preciso que você fale com seu dentista se perceber qualquer dos sinais abaixo:

· Ferida nos lábios, gengiva ou no interior da boca, que sangra facilmente e não parece melhorar;

· Um caroço ou inchaço na bochecha que você sente ao passar a língua;

· Perda de sensibilidade ou sensação de dormência em qualquer parte da boca;

· Manchas brancas ou vermelhas na gengiva, língua ou qualquer outra parte da boca;

· Dificuldade para mastigar ou para engolir;

· Dor sem razão aparente ou sensação de ter algo preso na garganta;

· Inchaço que impede a adaptação correta da dentadura.

· Mudança na voz.

Prevenindo o Câncer Bucal


Quanto à sua prevenção, que atitudes tomar?

1 - evitar fumo e álcool;

2 - evitar exposição continuada aos raios solares;

3 - evitar traumas crônicos na mucosa bucal, tais como: prótese mal adaptadas, coroas dentais fraturadas, raízes residuais, etc;

4 - manter higienização adequada, escovando os dentes no mínimo 4 vezes ao dia, principalmente após a ingestão de qualquer alimento, fazer uso do fio dental e se auto-examinar continuadamente conforme descrição acima citada;

5 - fazer alimentação balanceada e completa evitando fazer uso do açúcar em excesso ( prevenção da cárie ) e principalmente fora das refeições;

6 - procurar seu Cirurgião-Dentista em caso de aparecimento de qualquer lesão que não regrida no espaço de 7/14 dias;


Faça o Auto-Exame

:: Lave bem a boca e remova próteses dentárias se for o caso.


:: De frente para o espelho, observe a pele do rosto e do pescoço. Veja se encontra algum sinal que não tenha notado antes. Toque suavemente com as pontas dos dedos todo o rosto.


:: Puxe com os dedos, o lábio inferior para baixo, expondo a sua parte interna (mucosa).


:: Em seguida, apalpe todo o lábio. Puxe o lábio superior para cima e repita a palpação.

:: Com a ponta do dedo indicador, afaste a bochecha para examinar a parte interna da mesma. Faça isso nos dois lados.


:: Com a ponta do dedo indicador, percorra toda a gengiva superior e inferior.


:: Introduza o dedo indicador por baixo da língua e o polegar da mesma mão por baixo do queixo e procure palpar todo o assoalho da boca.


:: Incline a cabeça para trás e abrindo a boca o máximo possível, examine atentamente o céu da boca. Palpe com o dedo indicador todo o céu da boca. Em seguida diga ÁÁÁÁ... e observe o fundo da garganta.


:: Ponha a língua para fora e observe a parte de cima. Repita a observação com a língua levantada até o céu da boca. Em seguida puxando a língua para esquerda, observe o lado esquerdo da mesma. Repita o procedimento para o lado direito.


:: Estique a língua para fora, segurando-a com um pedaço de gaze ou pano, apalpe em toda a sua extensão com os dedos indicadores e polegar da outra mão.


:: Examine o pescoço. Compare os lados direito e esquerdo e veja se há diferenças entre eles. Depois, apalpe o lado esquerdo do pescoço com a mão direita. Repita o procedimento para o lado direito, palpando com a mão esquerda. Veja se existem caroços ou áreas endurecidas.


:: Finalmente, introduza o polegar por debaixo do queixo e apalpe suavemente todo o seu contorno inferior.


Para evitar qualquer tipo de doenças bucais consulte regularmente seu dentista.


Ficou interessado em saber mais sobre a contratação de uma Assistência Odontoponta?


Agende sua avaliação pelo link: https://www.odontoponta.com/agenda-online


Receba novidades e conteúdos interessantes assinando o Grupo Odontoponta aqui


#Seuconvêniocompletão #câncer #bucal #prevenção #odontologia #planoodontológico

0 visualização

Ouvidoria Odontoponta

+55 42 3025.6003

ouvidoria@odontopontaonline.com

Relacionamento com o Cliente

+55 42 3025.6003

+55 42 99971.0261

odontoponta@odontopontaonline.com

  • Grey Facebook Icon
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Cinza ícone do YouTube

Políticas de Privacidade

Copyright © 2020 - Grupo Odontoponta

Odontoponta CRO/PR - nº 1069 | RT: R. Bahls CRO/PR - nº 14453